Relato Pré-Mapeamento

by

Pequenos moradores

Pequenos moradores

Lindos(as), segue um pouco do dia

Pela manhã:

19/03…

Cheguei por volta das 10:20 para iniciamos o nosso pré- mapeamento. Já se encontram na escola as lideranças comunitária, Josiane e Sandro, com mais quatro pessoas da comunidade, e a Cris (Gestão do CEU). Rapidamente pensamos como fazer já que não éramos tantos. O Sandro propôs ir de carro, eu propus visitar as ruas mais distantes e o caso polêmico que era a casa de candomblé, já que alguns achavam que a gente não devia visitar, porque existia um boato de que estavam na casa aliciando crianças, enquanto o Sandro defendia que sim, que era um espaço importante e que o pessoa responsável era uma liderança atuante na comunidade.

Então o grupo concordou com as propostas e saímos. Paramos primeiro na casa do Candomblé, onde fomos recebidos pelo João Carlos, uma pessoa muito educada, com quem conversamos meia hora sobre o objetivo do projeto e o mesmo falou um pouco da história da casa, a questão do preconceito e se colocou a disposição para esclarecimentos e palestras sobre a temática afro-brasileira. Eu e a Cris ao final avaliamos que foi importante essa visita, é uma pessoa que tem sim uma atuação política também na comunidade, não atrás de um político mas enquanto sujeito morador do Cantinho do CEU, é uma pessoa com a qual podemos contar, ele também colocou a disposição o espaço da casa dele.

Continuamos nossa caminhada, meio encantadas pela aceitação o recepção do João, porém o encontro com ele não foi diferente dos demais que encontramos pelo caminho. Todos muito solicitos, atentos e se colocando a disposição. É uma comunidade muito carente, onde os adultos acreditam que a juventude está se perdendo no meio das drogas e busca algo para ocupar os jovens, como cursos profissionalizantes – eles querem o melhor para juventude do Cantinho do CEU.

Na nossa caminhada pelas ruas do Cantinho do CEU, foram feitas várias fotos da beleza, dos moradores, do bairro e também da precariedade de saneamento básico. Na Rua Bonfim, encontramos por acaso o Edinio e sua família (esposa e filha são enfermeiros, referencia nas proximidades). Além disso, o Edinio organiza os campeonatos de pelada na comunidade, trabalhando com a garotada de 8 a 24 anos. O mesmo gostou da idéia do projeto e disse que iria estar conosco no dia 04/04/2009. Falei que passaríamos para pesquisá-lo e depois ele acompanharia o grupo.

Conversamos com um morador que faz animação de festa, visitamos sua casa, o Sandro falou que é uma família complicada, por que todos são drogados, que não adiantava arrumar emprego. Encontramos crianças com 8 anos que nunca foram a escola, que a mãe falou que denunciou no Conselho Tutelar e que está esperando. Muitas crianças destas nem tem documentos ou os próprios adultos mesmo, na sua maioria do Nordeste do Brasil. No caminhada encontrei varias pessoas de PE. Eu e a Cris ficamos pensando em projetos e programas lá no Cantinho do CEU que dêem conta destas demandas.

A Cris, encantada com os sotaques, propôs futuramente fazer um trabalho de áudio, para se trabalhar essa questão da diversidade lingüística, cultural. Adorei a idéia. Claro. Também fomos na represa, esse lugar não posso deixar de falar, belo. Tinha um pai e um filho pescando, próximo a represa, falaram diversos nomes de peixes que se encontram por lá. Também tem um campo de futebol, é um lugar onde a gente pode fazer um piquenique futuramente com o grupo. Falando em campo e área de lazer, mapeamos na comunidade 3 espaços de lazer ociosos. Dois campos, e uma quadra com parquinho próximo esse é ocupada pela grupo de pessoas do trafico lá dentro.

Apesar de toda precariedade que encontramos e historias que escutamos tristes, eu e Cris ficamos encantadas com o povo, com o lugar, com as casas, na maioria construções alternativas, mas organizadas.
Já quando retornávamos a escola fomos apresentados pelo Sandro ao dono da Casa da Troca, apesar de não descer do carro, por que já era tarde. Fiquei encantada com a idéia da casa da troca, voltaremos lá assim que possível.

Estou super animada para próxima terça de manhã. A Cris, nem se fala, e as lideranças comunitárias acredito que só agora eles entenderam o objetivo do mapeamento, pelo menos o Sandro que nos acompanhou na caminhada.
Na Rua dos Canários descobrimos que tem um grupo de dança, chamado Panda, porém não falamos com nenhum integrante, foi uma informação de moradores da rua.

Combinados em nossa sala

Combinados em nossa sala

Pela tarde:

Atividade com a Gurizada

O Sylvio deu início sozinho, atualizando a garotada sobre a programação do dia. Depois descemos para assistir um episódio de Cidade de Deus, chamado “Correios,” que fala da loucura dentro da favela para o carteiro entregar as cartas por conta da desorganização ou até inexistência da numeração e do nome das ruas, por causa disso a população faz uma bagunça, o dono da boca chega e elege um menino para ser o carteiro do Bairro. Por causa de alguns problemas do garoto na entrega das cartas ele e o amigo têm a idéia de construir um mapa da favela. É um episódio interessante para falar com a garotada sobre mapeamento. Em seguida o Ferrujo assumiu a turma, para falar um pouco da construção da vinheta.

Ferrugem falou um pouco sobre o que é comunicação, e do trabalho dele na comunidade e no CEU, apresentou um vídeo de uma construção de uma vinheta, e os(as) meninos(as) ouviram várias vinhetas e conversaram com o Ferrugem sobre. Para finalizar rapidamente fiz uma avaliação sobre o dia, lembrei das tarefas para o próximo encontro e entreguei o comunicado à família sobre a nossa visita a turma do Vento em Popa para os pais assinarem.

Elis (educadora)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: