Relato de fim de ano

by
Prédio do CEU Navegantes, desafogo cultural do Cantinho

Prédio do CEU Navegantes, desafogo cultural do Cantinho

***

Chegamos em Heliópolis (Escola Estadual Campos Salles) e no Grajaú (CEU navegantes) em setembro de 2008, trazendo um mutirão de sensibilização para a proposta da Oficina de Comunicação, com suas ferramentas e atrativos: jornal mural, quadrinhos, animação, fanzine, colagem e foto. Assim estabelecemos um primeiro contato com as crianças, enquanto descobríamos os novos territórios, tanto os aspectos estruturais como as relações humanas. Entre dezenas de inscritos, ficamos com duas turmas de 15 a 24 participantes, no primeiro módulo tratamos do corpo como meio de comunicação, considerando afetividade, espiritualidade, sentidos, expressão corporal e cênica. Desde o começo firmamos um acordo de interatividade, trocando de fato mensagens e sensações, partindo do eu para o nós;

Formado um coletivo, elencado o espírito de grupo, combinamos com a galera certos rituais de interação e integração, dinâmicas e brincadeiras, como no círculo feito sempre ao início de cada encontro. Em seguida circulamos na região para conhecer e fotografar a escola e a comunidade. Na volta montamos um painel, assistindo na TV nossos momentos registrados, debatendo sobre os lugares e seus significados. Só então destacamos a escrita, com exercício de textos em diferentes formatos, e conseqüente aplicação em nosso veículo de comunicação Jornal Mural;

Nas duas regiões, estabelecemos primeiramente vínculos com a galerinha, e com a comunidade escolar: outros alunos, funcionários, corpo docente, direção e voluntários. Para socializar nossos planos e ações, criamos o blog para ter um relatório diário e informal do processo (https://tanquedeareia.wordpress.com), confira. Foram três meses intensos, produtivos e ricos, com variações de rotas e algumas respostas negativas, problemas de organização e trajetória, próprios de um projeto dessa dimensão.

“O mais importante foi encerrar o ciclo inicial com apoio declarado tanto das instituições envolvidas, quanto das comunidades propriamente ditas, e saber que os comunicadores mirins estão lá, estimulados, de prontidão para um 2009 repleto de desafios.”

Sylvio Ayala e Massao (educadores)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: