Dia 07 / Nov. Grajaú

by
Tias trabalhando ao nosso lado, gente como a gente, diálogo importante

Tias trabalhando ao nosso lado, gente como a gente, diálogo importante

***

Atividade realizada

– Escolha e nomeação

do Jornal Mural e (ou) do grupo

– Montagem do Jornal Mural

– Primeiras fotografias

***

Meta dos educadores

Emplacar o Jornal Mural, conseguir que ele seja um veículo aglutinador, fornecedor de sentido e práxis. Por hora fazemos dentro da sala, lugar que agora é deles, deve ser apropriado, significado, revestido com suas motivações e produções.

Estamos demarcando território e levantando bandeira própria. A criação do nome é um processo importante, onde declaramos nossa força geradora, criativa e coletiva. Dia de imprimir sentido prático e subjetivo ao trabalho e ao encontro de cada manhã.

Como foi a participação?

O círculo já é um movimento natural, temos saudável cumplicidade, ainda que o pessoal continue se postando com deferência até professoral, numa relação de respeito e carinho que tem nos sustentado no grupo, 18 crias nessa terça. Chegam e pegam seus banquinhos, conversamos e sentimos o jeito de ali estarmos, com corpo e mente presentes. Falamos de possíveis passeios (já são pedidos), de utilizarmos espaços abertos do CEU para nosso encontro (faremos essa semana que vem), avisamos que vem aí um Fórum político para participarmos, debatemos o significado da sigla ONG. Enquanto botamos o papo em dia, pincelamos nossas ações e liberamos informações;

Pulando para a parte prática, dividimos a sala entre: Montagem do Jornal Mural e Finalização das Silhuetas. Colamos cartolinas grandes e bonitonas na parede, fazendo um fundo, as notícias / pequenos painéis já estavam prontos ou quase (do encontro anterior) e foram afixados e diagramados no muralzão. Enquanto isso a outra metade da turma fechava as últimas silhuetas e as colava nas paredes que contornam nosso espaço, naquele movimento que estabelece atmosfera favorável e ambiente temático;

Ao final debatemos combinações diferentes de palavras e expressões, conferindo as várias possibilidades que nos assistem na criação de um nome, de uma marca. Dinâmica que mistura de palavras cruzadas com quebra cabeças, trouxe riqueza no vocabulário e no repertório disparado por eles, o que nos fez refletir sobre o sentido do grupo, da oficina, de nossa missão no Grajaú e nossa situação no mundo.

Indicativos

Precisamos sair um tanto da sala, explorar as redondezas do CEU, e depois da comunidade. É hora de deixar que eles nos levem um pouco pela mão. Querem um passeio, também queremos. Conversamos com a Márcia sobre possível saída de campo, com ônibus. Recebemos a visita do professor de Geografia, vamos costurar uma ação com ele, talvez ligada à cartografia.

Sylvio Ayala (educador)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: